Top 5 [DUPLO] - Vilões da Literatura (#7)

10:00:00

Bem, primeiramente, olá pessoal. Espero que vocês tenham tido um ótimo fim de semana, por que eu tive. Fiquei mais velho esse dia 30 de novembro eee \o/. Mas então, vamos ao que interessa. 

O post de hoje é bem rapidinho e bastante interativo: Top 5. Lembrando que essa Tag foi criada pelas meninas do Palácio de Livros e é um espetáculo. Mas desta vez eu vou fazer uma coisa um pouco diferente, espero que vocês não se importem meninas...

Vamos falar de antagonistas. Mas não qualquer antagonista. Eu selecionei os 10 melhores vilões da literatura para vocês hoje aqui. 
Eu sei, eu sei que a Tag é "Top 5" e não "Top 10", mas como eu poderia selecionar somente 5? Então eu vou fazer uma Tag dupla. Serão cinco vilões e cinco vilãs de tirar o fôlego pessoal.

Como eu sou bastante cavalheiro, vamos começar pelas damas.

Elas

5ª - Medeia
Uma mulher capaz de tudo por amor. Medeia matou seu irmão para despistar seu pai, com o intuito de fugir com Jasão. Logo depois o herói protegido de Hera casa-se com Glauce, filha do rei Creonte. Indignada Medeia presenteia Glauce, anonimamente, com jóias e um lindo vestido que pega fogo. A versão de Eurípides, conta que ela, antes de fugir para Atenas, mata seus filhos, que teve com Jasão, por pura vingança. Em outros relatos diz que a vilã deixou os filhos por não poder levá-los juntos consigo e estes foram apedrejados, até a morte, pela família de Creonte.

4ª - A Duquesa de Marteuil 
A marquesa, que pode matar vidas apenas escrevendo cartas, possui uma mente maquiavélica capaz de arquitetar os mais mirabolantes planos. A trama de As Ligações Perigosa, de Pierre Choderlos de Laclos, trás a Marquesa de Merteuil que por vingança pede ao seu amigo, o Visconde de Valmont, para seduzir a filha de sua prima que fora pedida em casamento por seu antigo amante.

A obra teve sua adaptação ao cinema com indicações ao Oscar como melhor filme, além de seis outras categorias.


3ª - Enfermeira Ratched
A antagonista principal do livro Voando sobre um Ninho de Cucos, de Ken Kesey, é uma sadíca e tirana enfermeira que controla seus pacientes severamente e, caso for contrariada por algum deles, de forma sutil, usa seus métodos de humilhação como punição. Outras formas de agir são o uso de terapia de choque e lobotomia. Sua maldade se eleva com a chegada do protagonista Randle McMurphy que chega ao hospital psiquiátrico para revolucionar o modo com que os pacientes são tratados.

2ª - Annie Wilkes
A grande vilã do romance Misery, de Stephen King, é uma ex-enfermeira psicopata que faz da vida do escritor Paul Sheldon um verdadeiro inferno. Ela fica louca ao saber que Paul irá matar a sua personagem favorita no próximo livro, então o mantém encarcerado fazendo com que ele reescreva o livro.

1ª - A Bruxa Má do Oeste
Esta é, sem dúvidas, uma das piores vilãs dos contos infantis, e que aterrorizou não só Dorothy e seus amigos, mas também muitos leitores do livro O Mágico de Oz, de L. Frank Baum. A Bruxa do Oeste foi descrita como uma mulher tirana, com três tranças e um tapa-olho. L. Frank Baum explicou que ela só tinha um olho, mas que este era tão poderoso quanto um telescópio, permitindo que a bruxa visse tudo que acontecia em seu reino. Na versão para o cinema ela tem pele verde, nariz e queixo pontiagudos, e usa um vestido longo preto com um chapéu. Esta representação da bruxa malvada tornou-se um padrão mundial para a aparência das bruxas.


Eles

5º - Joffrey
Com grande semelhança a Patrick Batemen, Joffrey não passa de um garoto mimado com grandes poderes em mãos. Com impulsos sádicos evidentes, o jovem rei sente prazer em ver o sofrimento e a humilhação de seus subordinados na obra A Guerra dos Tronos - As Crônicas de Gelo e Fogo do autor George R. R. Martin.

4º - Lord Voldemort
Um dos melhores vilões de sagas literária, Lorde Voldemort, nascido como Tom Marvolo Riddle, é o arqui-inimigo de Harry Potter. Conhecido como o bruxo das trevas mais poderoso de todos os tempos, Voldemort não se limita quando o assunto é poder e crueldade. Na série de livros da autora J.K Rowling, o bruxo é tão temido que, quase, todos os chamem de Você-Sabe-Quem, ou Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado.

Voldemort aparece em quase todos os livros da saga, exceto em Harry Potter e o Prisioneiro de Askaban.

3º - Professor Moriarty
O Professor Moriarty é o arqui-inimigo de Sherlock Holmes, e controla quase toda rede do crime de Londres. Mencionado em vários contos, Moriarty participou efetivamente apenas de dois, em um deles, O Problema Final, ocorre um duelo entre o vilão e o herói, que após um combate violento caem agarrados do topo das Cataratas de Reichenbach, mas no conto A Casa Vazia, Holmes reaparece e explica que somente Moriarty havia caído, e como tinha outros perigosos inimigos, ele havia simulado sua morte para poder investigá-los melhor.

2º - Conde Olaf
É o vilão de uma de uma das séries de livro favoritas entre o mundo YA, Desventuras em Série. O Conde Olaf  é o perfeito exemplo de um vilão multifacetado, que movido por vingança resolve matar o casal Baudelaire, e por ser um parente próximo deles, assume a guarda dos seus filhos, Klaus, Violet e Sunny, assim podendo por as mãos na grande fortuna dos Baudelaire.

Olaf é um assassino frio que faz com que suas vítimas tenham uma morte perfeitamente calculadas, para parecer um mero acidente, e se aproveitando de sua arte como ator para criar inúmeros disfarces, que consegue enganar a todos, exceto os órfãos.

1º - Norman Bates
Norman Bates é sem dúvida o melhor vilão psicopata de todos os tempos. Ele foi criado pelo escritor Robert Bloch, e é o protagonista do romance Psicose, com adaptação cinematográfica dirigida pelo cineasta Alfred Hitchcock.

Norman cresceu ouvindo os exageros de sua mãe que dizia que nenhuma mulher, exceto ela, prestava. Após a morte de seu pai, Norman assassina sua mãe e assume a sua personalidade. Cuidando do hotel de sua família, o Hotel Bates, Norman, mata todas as mulheres pelo qual se interessa.

Norman foi inspirado no assassino Ed Gein. e foi o motivo de pesadelos de muitos leitores e telespectadores da obra, principalmente em seu lançamento na década de 60 e 70. O livro foi relançado pela editora DarkSide e ganhou um seriado, lançado em março deste ano, o Motel Bates, pela A&E, baseado na história de Norman. Na série o nosso vilão é interpretado pelo o autor Freddie Highmore, e tem sua segunda temporada confirmada.



You Might Also Like

4 comentários

  1. Arrasou no Post.
    Odeio o Conde Olaf, tomei raiva da cara do Jim Carey por causa do papel.
    Respondi a tag que vocsê me indicaram:
    http://entreversoseparagrafos.blogspot.com.br/2013/12/liebster-award-11-coisas.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Néury, eu também sinto muita raiva do Olaf, mas acho que entre eles, certamente, o Norman é o mais cabuloso.

      Att,
      V. I. Neves

      Excluir
  2. Que post mais lindo e complexo, nem sei em qual votar :O Só os selecionados viu. Acho que o Joffrey não é ódio, é mais raiva mesmo. Que pirralho cabuloso. rs

    Beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rs' eu concordo en número, gênero e grau. Esse reizinho sempre foi muito chato. Que pirralho mimado.
      Obrigado pela participação..

      Att,
      V. I. Neves

      Excluir

Olá você! Não esqueça de postar o link do seu blog aqui nos cometários para que nós também possamos dar uma visitada no seu. Okay?!

Atenciosamente,
Solstício & Equinócio