Conheça 7 games que viraram livros

10:00:00

De que a literatura inspira o cinema é fato, mas você sabia que os games podem inspirar a literatura? Conheça agora 7 games irados que, de tão bons, acabaram virando livros!


Ter bons enredos e muita ficção científica acaba fazendo com que muitos games sirvam de inspiração para alguns autores. Mas se você pensa que criar um livro, montar um cenário, transcrever os personagens dos games para os livros é um trabalho fácil, esta muito enganado querido, pois não é. Essa é uma tarefa que requer muita habilidade dos autores, que além de precisarem ser bons no que fazem, também precisam agradar os fãs da franquia de jogos, pois afinal de contas, eles são o alvo principal.

Foi pensando nos game maníacos de plantão, e nos fãs literários em geral também, que resolvi selecionar alguns livros que foram baseados em games, e que fazem tanto sucesso quanto. Vamos a lista?


Assassin's Creed

Assassin's Creed é de fato um dos games mais famosos e mais rentáveis da Ubsoft. Só ele já totaliza 9 jogos centrais e mais 13 paralelos, chegando a incrível casa dos 22 jogos com o nome da franquia em mais de 10 diferentes tipos de consoles. É coisa pra caramba pessoal. Então não é a toa que o autor britânico Oliver Bowden, pseudo de Anton Gill, resolveu arriscar um pouquinho e lançou o primeiro livro baseado na franquia de jogos em 2009, com o título Assassin's Creed: Renaissance pela Penguin Books. Trata-se de uma versão literária do 2º jogo da franquia, sendo que ao invés de se estender por muitos e muitos anos, o livro remete-se apenas ao século XV. No Brasil a detentora dos direitos autorais da série de livros é a Editora Galera Record, que desde 2011 vem lançando os livros da série, que já contam com 7 títulos até o momento. E se vocês querem saber mais, fiquem ligados, pois terá um projeto literário no canal do blog apenas com as leituras dos livros da série.

God of War


God of War foi uma franquia de jogos desenvolvida pela Sony Computer Entertainment, feita pela divisão de Santa Mônica, por isso exclusivo para os consoles da Sony Computer Entertainment (PlayStation). Lançado em 2005, foi a primeira cota da série God of War baseada na mitologia Grega. Na história nos guiamos o guerreiro Kratos (semi-deus) em sua jornada, que é basicamente pela busca de vingança. Neste primeiro episódio, Kratos tem que impedir Ares, o deus da guerra, de destruir a cidade de Atenas. Em 2010 os autores Matthew Stover e Robert E. Vardeman lançaram um livro homônimo, em 25 de maio pela editora Del Rey Books. O livro em si ão tem absolutamente nada de inovador, pois é uma releitura fiel da história retratada no game da franquia, e isso minha gente, é uma coisa boa e ruim. Boa pelo fato de ter agradado bastante os fãs da franquia de games, e ruim justamente por isso: por ter agradado apenas eles.

Halo

Halo não só é uma das franquias de games de maior sucesso do mundo, como também tem uma história sensacional como plano de fundo. Veja bem. A trama da série gira em torno de uma guerra interestelar entre a humanidade e uma aliança teocrática alienígena conhecida como Covenant. Os Covenant são liderados pelos seus líderes religiosos, Os Profetas, e adoram a uma antiga civilização conhecida como Forerunners, que desapareceram após o combate com uma raça parasita conhecida como Flood. Halo é uma franquia de jogos criada, inicialmente, apenas para Mac, mas que posteriormente comprada pela Bungie para a plataforma Xbox, e que hoje esta sob comando da 343 Industries, empresa subsidiária da Microsoft Game Studios. Nossa, não é pouca coisa gente. O game já possui um total de 11 jogos, entre eles duas trilogias e 5 spin-offs. Nos livros não é nem um pouco diferente. O game já deu origem há nada mais e nada menos que 13 títulos literários, todos eles por autores diferentes. Todos já traduzidos para o português. Talvez o autor de maior sucesso entre os livros da série seja o Eric Nylund, responsável pelo lançamento dos três últimos livros.

Resident Evil

Resident Evil é uma franquia de jogos pertencente a empresa de videogames CAPCOM e criada por Shinji Mikami em 1996, para PlayStation. A franquia Resident Evil é constituída por história em quadrinhos, livros, filmes e uma variedade de coleções, incluindo figuras de ação e guias de estratégias. Foi influenciada pelos filmes de George A. Romero e também pelo jogo Alone in the Dark. Enquanto os jogos aderem a uma história mais consistente, existem alguns desvios do enredo nos filmes e nos livros, que são considerados histórias paralelas. Em suma, o game é uma febre mundial, já tendo vendido mais de 55 milhões de cópias. Os livros da série foram escritos pela autora S.D. Perry, tendo o primeiro lançado em 1998, com o título The Umbrella Conspiracy. Vale ressaltar que nem todos os livros lançados por esta autora, já vieram para o Brasil. Por outro lado, uma segunda série de livros fora escrita por Keith R.A. DeCandido, a partir de 2001, tendo o primeiro chamado Resident Evil: Genesis, baseado no primeiro filme, e assim sucessivamente até o quinto filme.

Tom Clancy's Splinter Cell

Tom Clancy's Splinter Cell também é outra franquia de jogos lançada pela Ubsoft. No game, o personagem principal é o agente especial Sam Fisher. Fisher trabalha para a Third Echelon, uma divisão secreta da NSA que presta serviços de monitoramento para o governo americano. Splinter Cell é bastante comparado com a popular série Metal Gear Solid, pois apresenta elementos de espionagem, equipamentos de última geração, entre outros fatores. Embora o game tenha um dos nomes mais famosos da literatura estadunidense no título, os seis livros da série foram escritos por David Michaels, pseudônimo de Raymond Benson, que assina algumas das estórias de James Bond, EndWar, H.A.W.X e Ghost Recon. A franquia já conta com 7 jogos e em inúmeras plataformas, entre elas Mac, Windows, Xbox e PlayStation.

Diablo

Diablo é um jogo de computador estilo Action RPG, (os meus favoritos) passado em época medieval fictícia. Produzido pela Blizzard North e distribuído pela Blizzard Entertainment, foi lançado em 1996. O objetivo deste primeiro jogo da série é, basicamente, acabar com o mal que esta assolando a pequena cidade de Tristram, espalhado pelo Diablo, o Senhor do Terror. O personagem ganha pontos de experiência após matar inimigos, acrescendo seus níveis e aumentando suas magias e atributos (força, magia, destreza e vitalidade) a livre escolha. Parece simples assim, mas não é queridinhos. Cadê a coragem quando aquela música infernal, literalmente, começa? Sentindo que precisavam de um resumão, uma enxugada na história, devido aos anos de hiato entre um game e outro, os produtores decidiram lançar conteúdos literários para preencher este vazio. Então foram lançados livros, HQ's, estudos de jogabilidade entre outros. O escitor norte-americano de sci-fi Richard A. Knaak, além de ter escrito a série Warcraft também é o responsável por nove dos dez romances relacionados a série Diablo, da Blizzard Entertainment. Porém o livro mais recente da franquia é o "Diablo III - Book of Cain", lançado em 2013 e escrito por Flint Dille.

DOOM

DOOM, é um jogo de computador lançado pela id Software como uma versão de Tiro em Primeira Pessoa, no ano de 1993. Combinando gráficos 3D com violência gráfica, ele tornou-se tanto controverso quanto imensamente popular, com um lançamento em versão shareware que estima-se ter sido jogada por 15 milhões de pessoas. Além de definir muitos elementos dos games de tiro em primeira pessoa, Doom estabeleceu uma sub-cultura por popularizar os jogos em rede e permitir expansões criadas pelos jogadores (WADs). O sucesso do jogo influenciou o cataclísmico "BOOM" de jogos nos anos 90 até o ponto desses jogos serem algumas vezes chamados de "clones do Doom". Em 2004 foi lançado o, até então, último jogo da franquia, titulado DOOM 3: Ressurection of Evil. Há rumores de que uma continuação para os jogos estaria em produção, mas isso nunca foi confirmado. Em 2004 também recebeu uma adaptação cinematográfica, titulada no Brasil de DOOM: A Porta do Inferno. Os livros dessa franquia de jogos foram escritos pelos autores Dafydd ab Hugh, Brad Linaweaver e Matthew Costello.


É isso ai galera, espero que vocês tenham curtido tanto quanto eu. Vocês já jogaram alguns desses games? Deixe aqui nos comentários suas experiencia com os consoles e seus games favoritos. 

Abraço.

~ Vitor Iury Neves

You Might Also Like

1 comentários

  1. Jogo Diablo, mas ainda não tenho o livro... Pelo que vi é um resumão das historinhas que aparecem durante o jogo.

    ResponderExcluir

Olá você! Não esqueça de postar o link do seu blog aqui nos cometários para que nós também possamos dar uma visitada no seu. Okay?!

Atenciosamente,
Solstício & Equinócio